sicnot

Perfil

Economia

Bankinter avançou com proposta não vinculativa para BarclaysCard Portugal

O Bankinter apresentou uma proposta não vinculativa para a compra do negócio dos cartões de crédito do Barclays em Portugal, depois de ter avançado para a compra do negócio de retalho em setembro.

© Gustau Nacarino / Reuters

A agência de notícias Reuters adiantou na terça-feira que, além do Bankinter, também o Santander, o Banco Popular e o grupo Apollo estariam na corrida para comprar o BarclaysCard em Espanha e Portugal.

Fonte do mercado confirmou hoje à agência Lusa que, pelo menos, o Bankinter apresentou uma proposta não vinculativa até à data limite, terça-feira.

O Bankinter avançou em setembro para a compra do negócio de retalho do Barclays por 100 milhões de euros, mas a parte portuguesa do negócio dos cartões de crédito ficou de fora.

A mesma fonte explicou que em setembro o Barclays não estava interessado em vender, tendo mudado de ideias nos dois últimos meses.

O Bankinter, salientou a mesma fonte, está interessado na parte portuguesa do BarclaysCard e não na espanhola.

Em Espanha, o negócio retalho do Barclays foi vendido ao Caixabank, o maior acionista do BPI.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.