sicnot

Perfil

Economia

Ex-diretor do Fisco diz que é preciso alterar lei para facilitar combate à evasão fiscal

Ex-diretor do Fisco diz que é preciso alterar lei para facilitar combate à evasão fiscal

O ex-diretor-geral da Autoridade Tributária reconhece que o Fisco não tem acesso a informação suficiente que permita investigar contribuintes com grandes fortunas e que pagam poucos impostos. José Azevedo Pereira foi chamado a prestar esclarecimentos no Parlamento, depois de ter revelado, na SIC Notícias, que há cerca de 240 contribuintes com patrimónios avaliados em milhões e que pagam muito poucos impostos. Números confirmados pela própria Autoridade Tributária, num documento que fez chegar à Assembleia, e onde se pode ler que estes contribuintes apenas pagaram 50 milhões de euros em IRS, quando deviam pagar cerca de 3 mil milhões.

Azevedo Pereira diz que cabe ao Parlamento alterar a lei, para que seja mais fácil apertar a malha nas situações de evasão fiscal. O ex-diretor do Fisco admitiu ainda que, enquanto liderou a máquina fiscal, pediu várias vezes aos governos do PS e do PSD para que houvesse um maior acesso a dados bancários, mas que o pedido foi sempre recusado, o que impossibilitou que o trabalho da Autoridade Tributária fosse mais eficaz.

  • Edição de 9-12-2015
    41:10

    Negócios da Semana

    José Gomes ferreira entrevista José Azevedo Pereira, Consultor e Professor do ISEG.Temas: Aumento dos Impostos;Informatização da administração fiscal; E-faturas; Os casos de prepotência do Fisco sobre os pequenos e os que não podem escapar continuam a marcar a actualidade; Algumas corporações e interesses mais poderosos conseguem sempre algum tipo de benefício ou de isenção. A fuga de capitais para o exterior para escapar aos impostos e apagar o rasto de corrupção.

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.