sicnot

Perfil

Economia

Fórum Económico e Social Mundial arrancou hoje em Davos

Começou hoje em Davos, na Suiça, mais um Fórum Económico e Social Mundial. O tema oficial deste ano é a quarta Revolução Industrial.

Os líderes mundiais estão preocupados sobretudo com o magro crescimento dos países emergentes e também com a crise do preço do petróleo. Mas à margem das conversações centrais, outros temas deverão ser abordados como a recente tensão entre o Irão e a Arábia Saudita, isto apesar de hoje o representante iraniano já ter garantido que não haverá nenhum encontro secreto entre representantes dos 2 países.

  • DiCaprio homenageado em Davos mas não evita discurso incómodo
    1:58

    Mundo

    Leonardo DiCaprio foi homenageado pela luta contra o aquecimento global e as alterações climáticas. A distinção é do Forum Económico Mundial e foi entregue antes da reunião deste organismo. Junta várias personalidades incluindo líderes políticos, que ouviram um discurso incómodo.

  • Crise dos refugiados será um dos temas centrais do Fórum Económico Mundial
    0:40

    Economia

    Começa amanhã na estância suíça de Davos o Fórum Económico Mundial. Cerca de 2500 personalidades participam na edição deste ano, incluindo 40 líderes mundiais, como o vice-presidente dos Estados Unidos e o primeiro-ministro israelita. Alguns portugueses vão também marcar presença, como o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o ex-presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso e o atual comissário europeu, Carlos Moedas. Este ano, os debates deverão ficar marcados pela crise dos refugiados na Europa, os problemas de segurança ligados ao terrorismo e a revolução ao nível industrial.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.