sicnot

Perfil

Economia

Taxa sobre sacos de plástico rende 1,5 M€ em 2015

A taxa sobre os sacos de plásticos rendeu, em 2015, rendeu 1,5 milhões de euros, menos que o previsto pelo governo.

A previsão era que a nova taxa rendesse os 40 milhões de euros mas o encaixe conseguido ficou apenas em 3,75% que o previsto.
A taxa sobre os sacos de plástico foi introduzida pelo executivo de Passos Coelho num projecto de mudanças fiscais a que chamou fiscalidade verde. Não atingiu a meta em termos de dinheiro, mas levou a uma mudança de hábitos, com os consumidores a trazerem os sacos de casa.

  • Estado recebeu até agora 1,6 milhões de euros com taxa dos sacos plásticos

    Economia

    O Estado recebeu até ao momento 1 milhão e 600 mil euros com as taxas sobre os sacos de plástico leves. É o valor pago pelos comerciantes, ainda durante o período de transição, pelos sacos que tinham em stock antes da entrada em vigor da nova lei. O estado espera receber 40 milhões de euros com a medida, mas deve ficar muito abaixo desse montante. De acordo com o jornal Público, o Ministério do Ambiente ainda não quer divulgar quantos sacos taxados a 10 cêntimos foram comprados pelos consumidores, porque ainda não terminou o prazo para as empresas comunicarem esses números. A maior parte dos hipermercados pura e simplesmente deixou de vender os sacos de plástico que são obrigados a pagar imposto.

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de um dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projeto prevê a possilidade de o trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Portugal pode perder parte dos fundos comunitários
    2:21

    Economia

    Portugal arrisca-se a perder parte dos fundos comunitários atribuídos ao país, se não acelerar a execução dos programas que têm comparticipação de Bruxelas. A notícia é avançada pelo jornal Público, que revela que o país ainda está longe de cumprir as metas mínimas. O Executivo desdramatiza e acredita que serão cumpridas até ao final do ano. O Governo diz mesmo que Portugal deverá ser um dos países com melhores taxas de execução.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.