sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas preocupada com evolução da dívida pública portuguesa

A Comissão Europeia está preocupada com a evolução da dívida pública em Portugal. No relatório sobre Sustentabilidade Orçamental, que é publicado a cada três anos pela Direção Geral dos Assuntos Económicos, Bruxelas alerta para riscos elevados a médio prazo.

(Arquivo)

(Arquivo)

Francisco Seco / AP

A Comissão defende que o rácio da dívida obriga o país a manter o ajustamento orçamental e a conseguir saldos estruturais primários a rondar os 2% do PIB, nos próximos 10 anos. Ainda assim, considera que a curto prazo não há riscos significativos, embora aponte alguns desafios que têm de ser enfrentados.

Quanto à evolução a longo prazo, Bruxelas defende que os riscos são menos relevantes graças à reforma dos sistemas de pensões e desde que se mantenha o esforço de ajustamento orçamental.

O relatório ainda não leva em conta o esboço do Orçamento do Estado para 2016, que foi aprovado no final da semana passada e foi enviado para Bruxelas, onde está a ser analisado.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.