sicnot

Perfil

Economia

DGO divulga hoje défice de 2015 em contas nacionais

A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje o défice em contas públicas do conjunto de 2015, bem como a evolução das receitas de IRS e de IVA, relevante para confirmar se haverá, ou não, devolução da sobretaxa.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

A DGO divulga hoje a síntese de execução orçamental em contas públicas, na ótica de caixa, do conjunto de 2015, mas em contas nacionais, as que contam para Bruxelas.

O Governo antecipa já que o défice do ano passado tenha representado 4,2% do Produto Interno Bruto (PIB), tendo em conta o peso da resolução do Banif (1,25 pontos percentuais do PIB).

Segundo a síntese de execução orçamental de novembro, o défice das administrações públicas apurado na ótica da contabilidade pública (dos recebimentos e dos pagamentos) até esse mês situou-se em 4.805,3 milhões de euros, o que representa uma melhoria de 1.736,3 milhões face ao período homólogo do ano anterior.

No universo comparável, ou seja, excluindo as novas Entidades Públicas Reclassificadas (EPR) que passaram a integrar o perímetro das administrações públicas (como a TAP, entre outras), o défice ficou nos 4.679,5 milhões de euros, o que representa uma melhoria de 1.610,5 milhões de euros face a novembro de 2014, quando o défice atingiu 6.415,8 milhões de euros.

Além de se conhecer o valor do défice, será conhecida também a evolução das receitas com Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS) e com Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), da qual depende a devolução -- ou não -- da sobretaxa de 3,5% em sede de IRS.

No Orçamento do Estado para 2015, o anterior Governo PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho manteve a sobretaxa de 3,5% em sede de IRS aplicada a montantes de rendimento que excedam o salário mínimo nacional, mas introduziu "um crédito fiscal que permitirá desagravar, parcial ou totalmente, a coleta da sobretaxa referente ao ano de 2015".

Só que este desagravamento está dependente das receitas de IVA e de IRS, uma vez que a fórmula de cálculo do crédito fiscal considera a diferença entre a soma das receitas destes dois impostos efetivamente cobradas (e apuradas na síntese de execução orçamental de dezembro de 2015) e a soma da receita dos dois impostos estimada para o conjunto do ano no Orçamento do Estado.

Na execução orçamental até agosto, o Governo admitia devolver no próximo ano 35,3% da sobretaxa de IRS paga em 2015, mas, quando foi conhecida a execução orçamental até setembro, essa previsão caiu para uma restituição de apenas 9,7%, voltando a cair nos últimos meses do ano, antecipando-se que não haja lugar a qualquer devolução.

Em novembro, o IRS cobrado atingiu os 11.432 milhões de euros e o IVA arrecadado no mesmo período correspondeu a 13.869 milhões de euros, totalizando os 25.301 milhões de euros nos dois impostos.

Este total arrecadado com os dois impostos representa um aumento de 3,3% face ao mesmo período de 2014, abaixo dos 3,7% previstos no Orçamento do Estado para 2015 (OE2015) e que é o crescimento que terá de ser ultrapassado para que haja alguma devolução da sobretaxa em 2016.

Lusa

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.