sicnot

Perfil

Economia

Banco Mundial revê em baixa previsão do preço do petróleo em 2016

O Banco Mundial reviu em baixa a sua previsão do preço do petróleo em 2016 para 37 dólares por barril, quando na projeção divulgada em outubro apontava para 51 dólares por barril.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

REUTERS

Esta revisão tem em conta factores de oferta e de procura, incluindo o recomeço das exportações do Irão mais cedo do que era esperado após o levantamento de sanções ocidentais ao país, um inverno menos rigoroso no hemisfério norte e um abrandamento do crescimento nas principais economias emergentes, de acordo com um relatório divulgado hoje.

Os preços do petróleo caíram cerca de 47% em 2015 e em média devem descer mais 27% em 2016, mas, de acordo com o Banco Mundial, deverá também registar-se uma recuperação gradual ao longo do ano, sendo provável que se registem cortes na produção e que a procura se torne mais forte.

"Os preços baixos para o petróleo e matérias-primas devem continuar por mais algum tempo", afirmou John Baffes, principal autor do relatório sobre as perspetivas de mercado das matérias-primas, assinalando que é possível que haja uma ligeira subida nos próximos dois anos.

Em meados deste mês, o preço do petróleo caiu para menos de 30 dólares o barril, o nível mais baixo em 12 anos, num cenário de oferta excessiva e com um abrandamento da procura.

As economias emergentes têm impulsionado desde 2000 a procura de matérias-primas e as perspetivas de um enfraquecimento do seu crescimento pressionam os preços.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05