sicnot

Perfil

Economia

Mais de 1,4 milhões de smartphones vendidos em 2015 em todo o mundo

Mais de 1,4 mil milhões de 'smartphones' foram vendidos em 2015 em todo o mundo, segundo estimativas da consultora IDC, que confirma a ascensão dos fabricantes chineses.

© Hannibal Hanschke / Reuters

No total, 1,43 mil milhões de aparelhos foram vendidos ao longo do ano, mais 10,1% do que em 2014. No quarto trimestre, o crescimento caiu para 5,7%, com 399,5 milhões de 'smartphones' vendidos.

A sul-coreana Samsung continuou a ser o líder mundial no quarto trimestre, com 85,6 milhões de unidades vendidas e 21,4% de quota de mercado. No entanto, enfrentou concorrência da norte-americana Apple e de grupos chineses como a Xiaomi, Huawei e ZTE, revela o relatório da IDC.

A Apple conquistou uma quota de mercado de 18,7% no quarto trimestre de 2015, com 74,8 milhões de iPhones vendidos.

Mas o "grande vencedor do trimestre", para a consultora, é a Huawei, que ficou na terceira posição, com 8,1% da quota e mercado e com aumentos de 37% de vendas, para 32,4 milhões de unidades.

Outros dois fabricantes chineses, a Lenovo (da marca Motorola) e a Xiaomi, ficaram em quarto e quinto lugar, com quotas de mercado de 5,1% e 4,6% no último trimestre do ano, respetivamente.

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.