sicnot

Perfil

Economia

PCP promete trabalhar pelo aumento real das pensões em 2016

A deputada do PCP Rita Rato defendeu hoje que o descongelamento das pensões é insuficiente e prometeu trabalhar pelo aumento do valor real das pensões em 2016, em especial as mais baixas.

"A avaliação que fazemos é que é possível ainda em 2016 garantir o aumento do valor real das pensões, designadamente pensões com valores mais baixos. É essa a nossa perspetiva, é para isso que estamos a trabalhar", afirmou Rita Rato na Assembleia da República.

A deputada do PCP falava durante a discussão dos projetos de lei do PSD e do CDS-PP pela atualização do valor das pensões mínimas, sociais e rurais ao nível da inflação.

O BE, através do deputado José Soeiro, declarou-se "orgulhoso de fazer parte de um acordo e de uma maioria parlamentar que descongelou todas as pensões até aos 628 euros, que repõe o complemento solidário para idosos e que se empenha numa política de combate à pobreza", considerando a argumentação da direita "uma piada de mau gosto, um insulto às vitimas do empobrecimento" dos anos da austeridade.

O deputado do CDS-PP Filipe Lobo D'Ávila assumiu que o projeto de lei dos centristas é um "desafio à coerência das bancadas da esquerda parlamentar", acentuando que é "sobretudo um ato de defesa a mais de um milhão de pensionistas".

Também Susana Lamas, que defendeu o projeto de lei idêntico apresentado pelo PSD, afirmou que o universo a beneficiar da iniciativa é de um milhão de pensionistas, e defendeu a proposta argumentando que "a inflação esperada para 2016 é bastante superior a 0,6%, o que vai traduzir-se numa renovada perda do poder de compra dos pensionistas mais pobres, num flagrante regresso ao passado dos governos socialistas".

A deputada socialista Sónia Fertuzinhos rebateu estes números: "O Governo do PS aumenta assim 2,5 milhões de pensões, a proposta do PSD e do CDS só aumentaria 900 mil pensões. Mais, o Governo do PS aumenta este ano todas as pensões, independentemente das carreiras contributivas até ao valor de 628 euros, a proposta do PSD e do CDS só se propõe aumentar as pensões mínimas até 15 anos de descontos".

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.