sicnot

Perfil

Economia

Transportadora espanhola Alsa ainda não foi notificada da reversão da concessão dos transportes

A transportadora espanhola Alsa, detida pela britânica National Express e que foi a escolhida para explorar a rodoviária portuense STCP, ainda não foi notificada da reversão do processo de subconcessão dos transportes públicos de Lisboa e do Porto.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Até ao momento, não recebemos nenhuma notificação oficial do Governo português sobre o assunto", disse fonte da empresa à agência Lusa.

Contactada pela Lusa, fonte do Ministério do Ambiente, que tem a pasta dos Transportes, esclareceu que a notificação tem de ser feita pela empresa em causa, neste caso a STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto).

Por seu lado, fonte da STCP disse que "não tem qualquer comentário a fazer" e frisou que o Governo é que tem a "gestão política" do processo.

A subconcessão das empresas públicas de transporte foi lançada pelo Governo de Passos Coelho (PSD/CDS-PP), que atribuiu à Avanza a exploração da Carris e do Metro de Lisboa, à britânica National Express, que detém a espanhola Alsa, a STCP e à francesa Transdev o Metro do Porto.

No entanto, nove dias depois de ter entrado em funções, o executivo de António Costa (PS) suspendeu "com efeitos imediatos" o processo.

O Governo acredita que a reversão não implica o pagamento de indemnizações.

No entanto, o grupo ADO, que venceu a subconcessão do Metropolitano de Lisboa e da rodoviária Carris através da participada espanhola Avanza, já fez saber que vai "usar todos os meios" para defender os seus interesses, incluindo ações nos tribunais internacionais.

À Lusa, fonte do grupo disse que a ADO foi notificada na semana passada da intenção do Governo de reverter os processos de subconcessão e que os "advogados estão a estudar o dossiê".

Contactada pela Lusa, fonte da Transdev não fez qualquer comentário.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.