sicnot

Perfil

Economia

Ikea pede aos clientes que devolvam candeeiros de teto Hyby, Lock e Rinna

O grupo sueco de mobiliário e decoração Ikea está a pedir aos clientes que tenham adquirido candeeiros de teto HYBY, LOCK e RINNA que os devolvam numa das lojas da marca, onde serão reembolsados na totalidade.

IKEA

Num comunicado divulgado hoje, a Ikea explica que decidiu efetuar a recolha de produto após testemunhos sobre a queda dos abajures de vidro destes candeeiros.

Os candeeiros de teto HYBY e LOCK são comercializados em todos os mercados Ikea: o LOCK desde 2002 e o HYBY desde 2012. Já o candeeiro de teto RINNA não é vendido em Portugal.

Segundo o grupo, os candeeiros podem ser devolvidos em qualquer loja Ikea e os clientes serão reembolsados na totalidade, não sendo necessária prova de compra (fatura).

Na mesma nota, a Ikea realça que "a segurança dos produtos é uma prioridade máxima" e que "todos os artigos são testados em conformidade com os padrões de segurança aplicáveis e de acordo com a legislação em vigor".

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto em 2017
    2:10

    País

    O Centro Hospitalar do Algarve deverá ser extinto no próximo ano e depois da separação dos hospitais de Faro, Portimão e Lagos. Faro deverá passar a hospital universitário. A proposta da Administração Regional de Saúde deverá ser confirmada dentro de dias pelo ministro da Saúde.

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.