sicnot

Perfil

Economia

UTAO considera que Portugal tem condições para cumprir défice de 2016

A Unidade Técnica de Apoio Orçamentar (UTAO) considera que Portugal tem condições para cumprir o défice de 2016, porque o Governo mudou o sentido do Orçamento do Estado de "expansionista" para "restritivo".

De "expansionista" para "restritivo". São os termos usadas pelos técnicos da UTAO para concluir que entre o esboço inicialmente apresentado pelo Governo e a proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2016, houve uma mudança de orientação, com medidas de consolidação orçamental que têm um contributo direto no sentido de reduzir o défice.

O que os técnicos da UTAO consideram é que, em vez de uma perspetiva de crescimento económico, há agora uma visão de mais austeridade.

No parecer à Proposta de Lei do Orçamento, a UTAO concluiu que Portugal pode apresentar em 2016 uma redução da dívida pública já próxima da média europeia.

Portugal tem condições para cumprir o défice, mas há riscos e uma elevada incerteza quanto ao resultado das medidas anunciadas, desde logo pela reação que terão nas empresas por exemplo.

Além disso, pode ler-se que "existem alterações ao nível da receita e da despesa que levantam dúvidas quanto à sua razoabilidade".

A análise à Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2016 foi realizada em 4 dias pela Unidade Técnica de Apoio Orçamental.

A UTAO nota que é uma versão preliminar com os dados disponíveis até segunda-feira, 8 de fevereiro.
E nota, nesse sentido, que pediu informação aos serviços do Ministério das Finanças, sem que tivesse recebido qualquer resposta até à data de conclusão do estudo.

Última atualização às 8:27

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.