sicnot

Perfil

Economia

INE revela que exportações e importações aumentaram em 2015

De acordo com os dados divulgados hoje pelo INE, as exportações subiram 3,6% e as importações aumentaram 1,9% em 2015, face ao ano anterior.

As importações diminuíram apenas 0,7% em dezembro de 2015, devido à rubrica dos combustíveis minerais (petróleo).

As importações diminuíram apenas 0,7% em dezembro de 2015, devido à rubrica dos combustíveis minerais (petróleo).

De acordo com os dados do INE, as exportações em 2015 aumentaram em 3,6% relativamente a 2014, representando um aumento de 1,7% registado em 2014. As importações aumentaram 1,9% durante todo o ano de 2015.

Analisando concretamente as importações, verifica-se um menor crescimento do que em 2014, quando aumentaram 3,4% na totalidade do ano.

Em termos de variações homólogas mensais relativas ao mês de dezembro de 2015 é possível observar que as exportações recuaram 2,8% no comércio para fora da União Europeia, especialmente nos metais comuns, máquinas, aparelhos, veículos e outros materiais de transporte. As importações também diminuíram, mas apenas 0,7% no mesmo mês, devido à rubrica dos combustíveis minerais (petróleo).

As vendas para o estrangeiro tiveram um aumento expressivo em relação aos 1,7% registados em 2014, mas as exportações para países fora da União Europeia têm um balanço negativo, com uma quebra de 3,0%.

Feitas as contas, o total das exportações seria capaz de suportar 83% das exportações.

Com Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35