sicnot

Perfil

Economia

PIB da zona euro com crescimento homólogo de 1,5% no último trimestre de 2015

O Produto Interno Bruto cresceu 1,5% na zona euro e 1,8% na União Europeia no último trimestre de 2015, face ao período homólogo de 2014, mas comparativamente ao trimestre anterior subiu em ambos os casos 0,3%, revela o Eurostat.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, ao longo de todo o ano de 2015 a economia cresceu 1,5% no espaço monetário único -- em linha com o crescimento registado em Portugal, tal como revelado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) -- e 1,8% na UE a 28.

Entre os países para os quais o gabinete oficial de estatísticas da UE tem dados disponíveis, as maiores subidas homólogas do Produto Interno Bruto (PIB) no quarto trimestre de 2015 registaram-se na Eslováquia (4,0%) e em Espanha (3,5%), tendo Portugal registado um crescimento de 1,2% face ao último trimestre de 2014 e a Grécia o recuo mais significativo (-1,9%).

Face ao trimestre anterior -- julho a setembro de 2015 -, Estónia (1,2%), Polónia e Roménia (ambas com 1,1%) registaram as subidas mais vincadas, enquanto o PIB português progrediu 0,2%, ligeiramente abaixo da média europeia (0,3%).

Lusa

  • Economia portuguesa cresceu 1,5% em 2015

    Economia

    O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,5% no ano passado, segundo as estimativas do Instituto Nacional de Estatística (INE). São números que estão em linha com as expetativas dos analistas e também com as previsões do governo de António Costa.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC