sicnot

Perfil

Economia

EDP Comercial recorre de multa de 7,5 milhões de euros

A EDP Comercial já recorreu da multa de 7,5 milhões de euros aplicada pelo regulador pela prática de infrações no âmbito da aplicação da tarifa social e do apoio social extraordinário, que considera "desproporcional aos factos e à realidade".

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Estamos de consciência tranquila que fizemos o que tínhamos a fazer. Fomos muito para além do que tínhamos a fazer", afirmou o presidente da EDP Comercial, Miguel Stilwell.

Num encontro com jornalistas para apresentar os indicadores de evolução da atividade no mercado liberalizado de eletricidade e gás e os objetivos para 2016, o responsável anunciou que a EDP Comercial já entregou a contestação à coima da ERSE, explicando que os 4% dos casos em que foram detetados problemas resultaram de "lapsos operacionais que foram corrigidos".

A coima resulta da prática de um conjunto de infrações pela elétrica, nomeadamente a não atribuição e aplicação de tarifas sociais e ASECE a consumidores economicamente vulneráveis, não identificação clara e visível nas faturas dos descontos sociais inerentes, divulgação extemporânea de informação sobre a existência da tarifa social e sua aplicação, não solicitação tempestiva aos operadores das redes de distribuição da aplicação dos descontos.

Segundo a ERSE, em causa está ainda a aplicação de descontos inferiores aos legalmente devidos, violação do dever de transparência comercial, não auditabilidade da informação e falta de colaboração.

As contraordenações em causa são puníveis com coimas até 2% e 10% do volume de negócios da empresa visada, explica em comunicado a ERSE.

Em declarações aos jornalistas, Miguel Stilwell considerou a coima "desproporcional aos factos e à realidade", sublinhando que "a EDP tem vindo a promover a tarifa social desde sempre".

O presidente da EDP Comercial explicou ainda que o levantamento da ERSE foi feito em janeiro de 2015, quando ainda estavam a ser implementadas as novas regras da tarifa social, que tinham sido publicadas a 29 de dezembro de 2014 para entrar em vigor a 01 de janeiro.

"Fizemos um esforço enorme para ter trudo pronto e 96% dos casos estavam bem feitos e os 4% resultaram de lapsos operacionais, que foram corrigidos", explicou o responsável.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..