sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair em todos os prazos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois, cinco e dez anos, depois de terem atingido na quinta-feira máximos desde março de 2014.

A dívida dos municípios, em 2014, totalizou 6234 milhões de euros, com uma redução de 488,5 milhões de euros, traduzindo-se na "menor dívida dos últimos oito anos", relacionada principalmente com fornecedores, explicou o presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).

A dívida dos municípios, em 2014, totalizou 6234 milhões de euros, com uma redução de 488,5 milhões de euros, traduzindo-se na "menor dívida dos últimos oito anos", relacionada principalmente com fornecedores, explicou o presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA).

SIC

Cerca das 08:55 de hoje em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a recuar para 3,605%, contra 3,711% na sexta-feira e 4,084% a 11 de fevereiro, um máximo desde março de 2014.

Nos últimos seis meses, os juros a dez anos desceram até ao mínimo de 2,257% a 02 de dezembro.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a cair, para 2,487%, contra 2,600% na sexta-feira e 2,768% a 11 de fevereiro, um máximo desde março de 2014.

O valor mínimo dos últimos seis meses dos juros a cinco anos é de 0,918% e verificou-se a 02 de dezembro passado.

No mesmo sentido, os juros a dois anos estavam hoje a descer, para 0,997%, contra 1,165% na sexta-feira e depois de terem terminado a 1,194% a 11 de fevereiro, um máximo desde março de 2014.

Nos últimos seis meses, o valor mínimo dos juros a dois anos foi de 0,052% a 05 de janeiro.

Os juros da Irlanda estavam a subir em todos os prazos, enquanto os de Itália e Espanha estavam a cair em todos os prazos.

Os juros da Grécia também estavam a subir a dois e a descer a dez anos, para valores em torno dos 14,9% e dos 11,2%, respetivamente.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:55:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

15/02....0,997.....2,487....3,605

12/02....1,165.....2,600....3,711

Grécia

15/02.....14,903....n disp...11,152

12/02.....14,520....n disp...11,274

Irlanda

15/02.....-0,251....0,122.....1,039

12/02......-0,253....0,115.....1,028

Itália

15/02......0,044.....0,567....1,607

12/02......0,071.....0,601....1,647

Espanha

15/02......0,036......0,619....1,694

12/02......0,046......0,650....1,735

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.