sicnot

Perfil

Economia

Aeroporto do Porto deve continuar a servir os interesses da região norte e do país

Aeroporto do Porto deve continuar a servir os interesses da região norte e do país

O primeiro-ministro acredita que será possível encontrar a melhor solução para o Porto e para o país no que respeita à presença da TAP no Porto. Garante que está pronto para ouvir as queixas e reclamações de Rui Moreira.

Confrontado com declarações do Presidente da Câmara do Porto em que este criticou a indefinição na postura da TAP, quanto ao Aeroporto Sá Carneiro, o primeiro-ministro remeteu esclarecimentos para o final da reunião que hoje terá com Rui Moreira, mas mostrou-se esperançado em que seja encontrada uma solução.

"Encontraremos certamente uma boa solução para aquilo que é estratégico, não só para o Porto como para o país, para que seja mantida no Aeroporto Sá Carneiro uma base aeroportuária, que ajude a internacionalização de toda a região norte e da cidade do Porto e permita continuar a servir cada vez melhor as necessidades da economia do país", declarou.

O primeiro-ministro escusou-se a tecer mais comentários sobre as declarações do autarca, com quem reunirá da parte da tarde, prometendo "ouvir com toda a atenção as queixas e reclamações que a Câmara do Porto tem a apresentar".

"Temos tido uma excelente relação com a Câmara do Porto e assim vamos continuar a ter. Uma das regras para que corra bem é que as conversas se façam no lugar próprio e não através da comunicação social", disse.

António Costa recusou igualmente falar da possibilidade da Ryanair explorar as rotas que a TAP explorava com base no Aeroporto Sá Carneiro: "não vou estar a fazer comentários sobre rotas nem substituir aqui a conversa que terei com o presidente da Câmara do Porto, com quem tenho audiência esta tarde", respondeu, quando questionado pelos jornalistas.

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.