sicnot

Perfil

Economia

Há cada vez mais empresas a respeitarem regras de segurança alimentar e económica

A taxa de incumprimento das empresas fiscalizadas pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) caiu para 18% em 2015, o valor mais baixo, pelo menos, dos últimos quatro anos, segundo dados da página da Internet da instituição.

(Arquivo Lusa)

(Arquivo Lusa)

LUSA

De acordo com os dados, citados hoje pela rádio TSF e disponíveis na página da Internet daquele órgão de polícia criminal, o número de multas desceu 33% em quatro anos, enquanto as ações de fiscalização também diminuíram 16%.

No ano passado, a ASAE fiscalizou 40.497 agentes económicos de que resultaram 388 detenções, 1.079 processos-crime e 502 alvos suspensos.

Segundo os dados, no ano passado foram também instaurados 6.383 processos de contraordenação (multas), menos 33% do que em 2011.

Em 2015, foram feitas 13.569.983 apreensões, uma diminuição relativamente a 2014 (15.822.174).

Em entrevista à TSF, o inspetor-geral da ASAE, Pedro Portugal Gaspar, disse que a "descida da taxa de incumprimento é um bom sinal pois revela maior eficácia na ação da ASAE, com um cumprimento de 82% das empresas fiscalizadas, ou seja, sem qualquer infração às regras".

O responsável sublinhou também que a "taxa de incumprimento dos agentes económicos fiscalizados é atualmente cerca de metade do que acontecia há uma década".

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.