sicnot

Perfil

Economia

OCDE alerta para "riscos substanciais" de instabilidade nos mercados

ÚLTIMA HORA

A OCDE alertou hoje para "riscos substanciais" de instabilidade nos mercados financeiros. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico reviu em baixa as previsões para este ano, devido a um abrandamento generalizado.

© Philippe Wojazer / Reuters

A previsão de crescimento da economia mundial foi revista agora para 3%, menos 0,3 pontos percentuais do que a estimativa anterior.

A OCDE justifica esta revisão com um crescimento lento de muitas economias emergente, um crescimento muito modesto das economias desenvolvidas, pouco emprego, baixa inflação e riscos financeiros substanciais.

Aliás, a organização diz mesmo que os mercados financeiros têm registado fortes quedas porque não acreditam nas previsões de crescimento das economias feitas pelos países e pede, por isso, uma reposta coletiva forte para ultrapassar as dificuldades.

Última atualização às 11:28

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.