sicnot

Perfil

Economia

PS e BE querem ver relatório secreto do Banco de Portugal sobre o BES

O PS e o Bloco de Esquerda querem ter acesso ao relatório que o Banco de Portugal nunca divulgou sobre a atuação do regulador Carlos Costa no colapso do BES.

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal.

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal.

© Hugo Correia / Reuters

A comissão de inquérito ao BANIF, que ontem tomou posse, já recebeu o requerimento assinado pela bloquista Mariana Mortágua a exigir a divulgação do relatório da consultora norte- americana BCG, encomendado por 300 mil euros pelo próprio Banco de Portugal.

Em meados do ano passado, o PS avançou com uma queixa na Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos para aceder ao relatório mas nem assim o documento foi tornado público pelo regulador, que invocou o direito à confidencialidade.

Agora, e segundo o Diário Económico, o PS volta à carga para discutir o relatório na comissão parlamentar de inquérito ao BANIF, o quarto banco a ser resgatado ou vendido nos últimos anos em Portugal.

Segundo o jornal, o Governo quer afastar Carlos Costa do Banco de Portugal. A lei protege da exoneração pelo poder político, a menos que tenha sido cometida uma "falta grave" no exercício das funções.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão