sicnot

Perfil

Economia

Produção de eletricidade em Portugal com novo recorde

A produção nacional de eletricidade atingiu novos máximos na segunda-feira, de 228GWh, ultrapassando o recorde anterior de 216GWh, registado em janeiro, graças às condições climatéricas, segundo a REN - Redes Energéticas Nacionais.

Em comunicado, a gestora da rede elétrica explica que os fortes ventos e chuva que se fizeram sentir no fim de semana e na segunda-feira levaram a que rede elétrica registasse números históricos de produção, sendo que uma percentagem significativa é proveniente de energias renováveis.

"A produção nacional chegou mesmo a superar as necessidades de consumo em 56% no domingo e, face às condições climatéricas que marcaram todo o fim de semana e a segunda-feira, tanto a produção hídrica como a eólica teriam sido suficientes para abastecer entre 60% a 70% do consumo nacional", adianta a empresa liderada por Rodrigo Costa.

A REN destaca que durante os picos de produção, o sistema elétrico nacional demonstrou "resiliência e fiabilidade, mantendo os elevados níveis de qualidade de serviço".

Até 15 de fevereiro, as hídricas abasteceram 38% do consumo, as eólicas 29% e o total das renováveis 71%, sendo que o saldo exportador equivale a 22% do consumo nacional neste período.

Lusa

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.