sicnot

Perfil

Economia

Aperta-se o cerco ao governador do Banco de Portugal

Aperta-se o cerco ao governador do Banco de Portugal

O cerco ao governador do Banco de Portugal continua a apertar-se. Depois das críticas do primeiro-ministro, o Bloco de Esquerda já veio defender que Carlos Costa tem de sair. Também Jorge Coelho, dirigente socialista, diz que o governador não tem condições para continuar no cargo. O PSD dirige os ataques ao Governo, que acusa de ingerência grave.

  • Centeno recusa-se a comentar polémica sobre governador do BdP
    0:46

    Economia

    O ministro das Finanças desvaloriza o relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) que pôs em causa o objetivo do Governo de baixar a carga fiscal este ano. Já sobre a polémica em torno do governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno recusou-se a fazer qualquer comentário.

  • Primeiro-ministro recusa-se a dizer se Carlos Costa deve abandonar o cargo
    2:59

    Economia

    O primeiro-ministro criticou a atuação do Governador do Banco de Portugal, mas António Costa recusa-se a dizer se Carlos Costa deve ou não abandonar o cargo. O PSD fala numa ingerência grave e vergonhosa do Governo e acusa o Executivo e o PS de quererem tornar-se os "donos disto tudo". O Banco de Portugal veio, entretanto, garantir que antes das declarações do primeiro-ministro já estava marcada uma reunião para discutir o caso dos lesados do BES.

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19