sicnot

Perfil

Economia

Desemprego no Brasil aumentou 41,5% face a 2014 e atinge agora 9,1 milhões

O número de desempregados no Brasil aumentou 41%, atingindo mais 2,7 milhões de pessoas quando se comparam os registos obtidos entre setembro e novembro do ano passado com igual período de 2014.

Em relação ao trimestre anterior, de junho a agosto de 2015, 323 mil pessoas perderam os seus postos de trabalho, ou seja, um aumento de 3,7%.

Em relação ao trimestre anterior, de junho a agosto de 2015, 323 mil pessoas perderam os seus postos de trabalho, ou seja, um aumento de 3,7%.

© Paulo Whitaker / Reuters

Os dados foram fornecidos pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A análise indicou que a taxa de pessoas desocupadas alcançou 9% da população brasileira, ou 9,1 milhões, a maior para o período desde 2012, quando este tipo de pesquisas começou a ser feito.

Em relação ao trimestre anterior, de junho a agosto de 2015, 323 mil pessoas perderam os seus postos de trabalho, ou seja, um aumento de 3,7%.

Já o rendimento médio real recebido em todos os trabalhos somou 1.899 reais, valor que estabilizou face ao trimestre de junho a agosto, quando ficou em 1.913 reais, e em relação ao mesmo trimestre de 2014, quando estava em 1.923 reais.

Entre setembro e novembro do ano passado, a população ocupada do Brasil era de 92,2 milhões de pessoas, mais ou menos o mesmo número quando comparado com o trimestre anterior encerrado em agosto.

Comparativamente ao mesmo período de 2014, verificou-se uma queda de 0,6%.

Os indicadores da Pnad Contínua são calculados em trimestres móveis, utilizando-se as informações dos últimos três meses consecutivos da pesquisa.

Assim, a taxa do trimestre móvel foi calculada a partir das informações coletadas em setembro, outubro e novembro do ano passado.

Lusa

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.