sicnot

Perfil

Economia

G20 analisa economia da China e pretróleo na próxima semana

Os países do G20 vão analisar a situação económica da China, a política monetária dos Estados Unidos e a queda dos preços do petróleo na próxima semana em Xangai, anunciou hoje o ministro das Finanças do Japão, Taro Aso.

© Jonathan Ernst / Reuters

Estes figuram como os principais temas da agenda dos ministros das Finanças e dos governadores dos bancos centrais do G20, grupo das maiores economias industrializadas e emergentes, para o encontro que vai ter lugar na capital financeira da China, Xangai, na próxima quinta e sexta-feira, 25 e 26 de fevereiro, adiantou o ministro nipónico em declarações aos jornalistas.

Taro Aso também aludiu ao "excesso de crédito financeiro" da China e aos efeitos nos mercados da política monetária norte-americana, de acordo com a agência Kyodo.

A Reserva Federal (Fed), o banco central norte-americano, decidiu, em dezembro, subir as suas taxas de juro de referência em 0,25%, o primeiro aumento em quase dez anos.

Nos últimos dias intensificou-se, contudo, o debate em torno da possibilidade de os Estados Unidos imporem taxas de juro negativas, uma medida que países como a Suécia, Dinamarca, Japão ou o Banco Central Europeu (BCE) começaram recentemente a aplicar com o objetivo de estimular a economia.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.