sicnot

Perfil

Economia

Fernando Pinto chamado de urgência à ANAC

O presidente executivo da TAP, Fernando Pinto, foi chamado de urgência à Autoridade Nacional de Aviação Civil, dois dias depois de ter sido anunciada a decisão do regulador sobre o processo de privatização da companhia aérea. Esta sexta-feira, a ANAC impôs um período de três meses de gestão corrente ao chumbar processo de privatização. A reunião com Fernando Pinto está marcada para as 15:30.

Fernando Pinto, presidente executivo da TAP. (Arquivo)

Fernando Pinto, presidente executivo da TAP. (Arquivo)

Lusa

A reunião vai servir para dar explicações sobre o dinheiro de investidores chineses na transportadora aérea.
O encontro acontece três dias depois de se saber que a ANAC bloqueou o processo de privatização da TAP, lançado pelo anterior governo.

A ANAC tem dúvidas sobre quem manda na companhia aérea. A empresa vai estar três meses limitada a atos de gestão corrente.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08