sicnot

Perfil

Economia

Estado recompra mais de mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro

O Estado recomprou hoje 1.075 milhões de euros em Obrigações do Tesouro, que venciam entre 2017 e 2019. Com esta operação, Portugal conseguirá poupar nos juros, que têm vindo a aumentar nas últimas semanas, e voltar a emitir a dívida com juros mais baixos.

(Reuters/Arquivo)

Segundo a página do IGCP na Bloomberg, o total das propostas dos investidores para vender ascendeu a 2.558 milhões de euros e os preços médios de recompra variaram entre 106,48%, 108,15% e 110,39%.

Das OT com maturidade em outubro de 2017 (OT 4,35%), o Tesouro recomprou 349 milhões de euros a um preço médio de 106,48%, tendo o valor das propostas dos investidores ascendido a um total de 784 milhões de euros, 2,25 vezes superior ao montante recomprado.

Das OT que vencem em junho de 2018 (OT 4,45%), o IGCP recomprou 150 milhões de euros a um preço médio de 108,15%. O valor das propostas de venda dos investidores cifrou-se em 458 milhões de euros, três vezes o montante recomprado.

Em relação às OT com vencimento em 2019 (OT 4,75%), o IGCP recomprou 576 milhões de euros a um preço médio de 110,39% e as propostas de venda dos investidores atingiram 1.316 milhões de euros, 2,3 vezes superior ao total recomprado.

Esta semana, o IGCP tinha anunciado a realização hoje de três leilões para recompra de dívida de Obrigações do Tesouro (OT), que vencem em 2017, 2018 e 2019, "num montante indicativo sujeito às condições de mercado".

Segundo uma nota divulgada à comunicação social na terça-feira, o IGCP afirma que o objetivo com estes leilões é recomprar linhas de OT com maturidades em outubro de 2017 (OT 4,35%), junho de 2018 (OT 4,45%) e junho de 2019 (OT 4,75%), "num montante indicativo global sujeito às condições de mercado".

Última atualização às 12:31

Com Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.