sicnot

Perfil

Economia

Estado recompra mais de mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro

O Estado recomprou hoje 1.075 milhões de euros em Obrigações do Tesouro, que venciam entre 2017 e 2019. Com esta operação, Portugal conseguirá poupar nos juros, que têm vindo a aumentar nas últimas semanas, e voltar a emitir a dívida com juros mais baixos.

(Reuters/Arquivo)

Segundo a página do IGCP na Bloomberg, o total das propostas dos investidores para vender ascendeu a 2.558 milhões de euros e os preços médios de recompra variaram entre 106,48%, 108,15% e 110,39%.

Das OT com maturidade em outubro de 2017 (OT 4,35%), o Tesouro recomprou 349 milhões de euros a um preço médio de 106,48%, tendo o valor das propostas dos investidores ascendido a um total de 784 milhões de euros, 2,25 vezes superior ao montante recomprado.

Das OT que vencem em junho de 2018 (OT 4,45%), o IGCP recomprou 150 milhões de euros a um preço médio de 108,15%. O valor das propostas de venda dos investidores cifrou-se em 458 milhões de euros, três vezes o montante recomprado.

Em relação às OT com vencimento em 2019 (OT 4,75%), o IGCP recomprou 576 milhões de euros a um preço médio de 110,39% e as propostas de venda dos investidores atingiram 1.316 milhões de euros, 2,3 vezes superior ao total recomprado.

Esta semana, o IGCP tinha anunciado a realização hoje de três leilões para recompra de dívida de Obrigações do Tesouro (OT), que vencem em 2017, 2018 e 2019, "num montante indicativo sujeito às condições de mercado".

Segundo uma nota divulgada à comunicação social na terça-feira, o IGCP afirma que o objetivo com estes leilões é recomprar linhas de OT com maturidades em outubro de 2017 (OT 4,35%), junho de 2018 (OT 4,45%) e junho de 2019 (OT 4,75%), "num montante indicativo global sujeito às condições de mercado".

Última atualização às 12:31

Com Lusa

  • "Foi o momento mais difícil da minha vida", disse a ministra emocionada
    3:24
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35

    País

    A Força Aérea portuguesa é a única força militar, para além da norte-americana, que pode mexer em praticamente todo o motor de um caça F-16. Na base aérea de Monte Real há uma fábrica de caças que pode levar o país a comprar mais aviões às peças, para revender a outras forças militares.

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • Fui contactado por um espectador do “Contas-Poupança” (quartas-feiras, Jornal da Noite, SIC) e leitor do blogue www.contaspoupanca.pt, que foi surpreendido com uma carta do banco a aumentar o spread porque um dos serviços que tinha subscrito tinha sido extinguido. Neste caso específico, a domiciliação de ordenado. Ora, o cliente ficou estupefacto porque não mudou de empresa, não foi despedido nem tinha havido nenhuma alteração no recebimento do ordenado naquela conta.

    Pedro Andersson

  • NotPetya: Lourenço Medeiros explica o novo ciberataque global
    2:44

    Mundo

    A Ucrânia está a ser seriamente afetada por um novo ataque informático. Algumas empresas de grande dimensão estão a ser prejudicadas, agravando a dimensão global do ataque, o qual não parece ser dirigido a ninguém em concreto. Ontem, nas primeiras horas do ataque, não parava de crescer o número de vítimas.

  • Temer acusado de prejudicar Polícia Federal
    2:36
  • Trump interrompe telefonema para elogiar jornalista

    Mundo

    A jornalista irlandesa Caitriona Perry viu-se esta terça-feira envolvida num momento que a própria classificou de "bizarro": um encontro inesperado com Donald Trump, que interrompeu um telefonema com o primeiro-ministro irlandês para... a elogiar.

    SIC

  • Caricaturas de Trump invadem capital do Irão

    Mundo

    O Irão está a organizar um concurso internacional de caricaturas do Presidente norte-americano Donald Trump. Pelas ruas de Teerão já vão surgindo algumas imagens alusivas ao festival que vai realizar-se no próximo mês de julho.