sicnot

Perfil

Economia

Futuro acionista chinês da TAP prestes a comprar aeroporto em Londres

O grupo chinês HNA - empresa matriz da companhia aérea Hainan Airlines e futuros acionistas da TAP - está próximo de comprar o Aeroporto London City, o mais central de Londres, avança hoje a agência de informação financeira Bloomberg.

© China Daily China Daily Infor

O HNA deverá pagar mais de dois mil milhões de libras (2.531 milhões de euros) por aquele aeroporto de pequena dimensão, situado a dez quilómetros do centro financeiro de Londres, detalha a agência, que cita fontes próximas do potencial negócio.

Fundado em 1993 em Hainan, uma ilha tropical no extremo sul da China, o grupo HNA começou por servir como um operador local de transporte aéreo, mas nos últimos anos passou a investir também nos setores do turismo e da logística.

Em janeiro, anunciou a compra da Avolon Holdings, uma empresa de aluguer de aviões, por 7,6 mil milhões de dólares, e na semana passada avançou com uma proposta de 6.000 milhões de dólares pela distribuidora de tecnologia norte-americana Ingram Micro.

Segundo um comunicado emitido em meados deste mês, o grupo compromete-se a realizar um empréstimo de 120 milhões de euros à companhia aérea brasileira Azul, destinado à compra de obrigações convertíveis da TAP (Transportes Aéreos Portugueses) a 10 anos.

A empresa assegurará assim 6,4% do direito de voto na TAP e 55% dos benefícios económicos, lê-se na mesma nota.

Além desse empréstimo, com maturidade de 181 dias e taxa de juros anual fixada em 14,25%, o HNA prevê mais um financiamento de 300 milhões de dólares à Azul, visando tornar-se acionista da empresa.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.