sicnot

Perfil

Economia

Prestação da casa volta a descer em março para euribor a 3 e 6 meses

Os clientes com empréstimos à habitação indexados às Euribor a três e a seis meses vão voltar a pagar menos pela prestação da casa a partir de março, beneficiando do acentuar dos valores negativos das taxas Euribor.

(Arquivo)

(Arquivo)

Reuters

Segundo os cálculos feitos para a agência Lusa pela Deco/Dinheiro&Direitos, um cliente com um empréstimo à habitação no valor de 150 mil euros a 30 anos indexado à Euribor a seis meses com um 'spread' (margem de lucro do banco) de 1% vai pagar 474,64 euros a partir de março, menos 10,86 euros do que o valor pago desde a última revisão, em setembro.

No caso de um empréstimo à habitação nas mesmas condições mas indexado à Euribor a três meses, esse cliente vai pagar 470,09 euros a partir do próximo mês, um valor 6,33 euros abaixo do da última revisão, em dezembro.

Estas contas foram feitas tendo em conta os valores do mês de fevereiro até ao dia 25, quando o valor médio da Euribor era negativo em 0,114% a seis meses e 0,181% a três meses.

As taxas Euribor têm registado uma tendência de queda que dura já desde 2008, mas que se acentuou nos últimos anos e, sobretudo, nos meses finais do ano passado, quando a média mensal foi mesmo para valores negativos, o que é histórico.

Tal reflete-se nos valores pagos aos bancos pelas famílias que pediram dinheiro para a compra de casa, uma vez que em Portugal 90% dos contratos de crédito à habitação usam taxa de juro variável, sendo a taxa Euribor a seis meses o indexante mais usado, seguido da taxa a três meses.

Por exemplo, o cliente que tem o empréstimo com taxa Euribor a seis meses e que -- segundo a simulação acima -- em março vai pagar 474,64 euros, pagava há dois anos -- em março de 2014 -- 509,59 euros, ou seja, mais 34,95 euros por mês.

Já se a comparação for com 2011, a diferença é ainda é mais significativa, com esse cliente a pagar então mais 106,56 euros do que hoje.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de mais de 50 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário. Em Portugal, a Caixa Geral de Depósitos faz parte deste painel.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.