sicnot

Perfil

Economia

Estudo diz que número de insolvências está a cair há três anos

O número de insolvências em Portugal está a diminuir há três anos, revela hoje a Informa D&B, adiantando que o Processo Especial de Revitalização (PER) de empresas contribuiu para "a inversão da tendência de subida" de anos anteriores.

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

LUSA

O estudo, elaborado pela Informa D&B, concluiu que em Portugal os processos de insolvência mantêm pelo terceiro ano consecutivo (- 24,7% entre 2013 e 2015), uma tendência de descida.

Além do PER, que surgiu em 2012, para a inversão da tendência de subida das insolvências contribuíram, nos últimos três anos, os sinais de recuperação das condições económicas no país.

"A queda das insolvências observada nos últimos três anos contraria "o crescimento expressivo" das insolvências entre 2010 e 2012 (+67%), que ocorreu numa conjuntura de agravamento das condições económicas e financeiras", explica o estudo elaborado pela Informa D&B.

O trabalho evidencia, no entanto, que apesar da tendência de queda das insolvências nos últimos três anos, o número de empresários em nome individual (ENI) está a ganhar peso no total das insolvências.

Estas são algumas das conclusões do estudo que analisou o universo que incluiu empresas e outras organizações (pessoas coletivas) e empresários em nome individual (ENI) com sede em Portugal.

No período analisado assistiu-se ao aumento dos ENI no total dos processos de insolvência, tendo o seu peso passado de 11% para 24% entre 2010 e 2015.

Embora tenham registado uma ligeira descida em 2015 (-1,4%), face ao ano anterior, os empresários em nome individual quase triplicaram o seu número em relação a 2010, conclui o estudo.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida