sicnot

Perfil

Economia

Taxa de desemprego manteve-se nos 12,2% em janeiro

A taxa de desemprego manteve-se em janeiro nos 12,2%, inalterada face aos dois meses anteriores, indicam as estimativas provisórias hoje divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A estimativa da população desempregada entre os 15 e os 74 anos, que já considera valores ajustados de sazonalidade, foi de 619,5 mil pessoas, o que significa um decréscimo de 0,2% face ao valor definitivo obtido para dezembro de 2015 (menos 1,1 mil pessoas).

Em dezembro de 2015, estavam desempregadas 620,6 mil pessoas, menos 1,2% (7,2 mil) do que em novembro.

Em janeiro de 2016 registou-se um decréscimo mensal na população desempregada de mulheres (0,3% e 1,1 mil pessoas) e de jovens (1,0% e 1,0 mil pessoas), mantendo-se os valores relativos a homens e adultos praticamente inalterados.

A taxa de desemprego dos jovens situou-se em 29,9%, uma diminuição de 0,2 pontos percentuais face ao mês anterior.

Quanto à população empregada em janeiro, a estimativa provisória do INE aponta para as 4.477,6 mil pessoas, menos 0,1% do que em dezembro de 2015 (4,4 mil).

A taxa de emprego em janeiro recuou 0,2 pontos percentuais face a dezembro de 2015, situando-se em 57,2%.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.