sicnot

Perfil

Economia

Dívida pública chega aos 234,4 mil milhões em janeiro

A dívida pública aumentou 3.344 milhões de euros em janeiro face a dezembro para 234,4 mil milhões de euros, divulgou hoje o Banco de Portugal.

Estes valores referem-se à dívida pública na ótica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, e a subida no primeiro mês deste ano acontece depois de a dívida das administrações públicas ter descido em dezembro de 2015 face a novembro.

Numa nota hoje publicada pelo Banco de Portugal em que explica esses dados, a instituição liderada por Carlos Costa refere que o aumento em janeiro é o reflexo de emissões líquidas de títulos, no valor de 3.000 milhões de euros, e de um "aumento das responsabilidades em numerário e depósitos", de 400 milhões de euros, nomeadamente pelo aumento dos certificados do tesouro em 300 milhões de euros.

Quanto à dívida líquida dos depósitos da administração central, esta reduziu-se em 560 milhões de euros em janeiro face ao fim de dezembro de 2015, para 217,1 mil milhões de euros, o que o Banco de Portugal atribui ao "aumento acentuado dos ativos de depósitos", 3,9 mil milhões de euros.

A dívida na ótica de Maastricht é utilizada para medir o nível de endividamento das administrações públicas de um país.

Última atualização às 14:08

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.