sicnot

Perfil

Economia

Vendas de automóveis cresceram 23,4% em fevereiro

As vendas de automóveis em Portugal atingiram as 20.640 unidades em fevereiro, o que corresponde a mais 23,4% que as unidades vendidas no mesmo mês de 2015, informou esta terça-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

(Arquivo)

(Arquivo)

De acordo com um comunicado da ACAP, nos dois primeiros meses deste ano foram vendidos em Portugal 37.124 veículos automóveis, o que representou um crescimento de 20,2% relativamente ao mesmo período do ano passado.

Em fevereiro foram vendidos 18.025 automóveis ligeiros de passageiros, com o mercado a registar um crescimento de 26%.

Ao mesmo tempo o mercado de veículos comerciais ligeiros registou um crescimento homólogo de 3,2%, tendo sido comercializados 2.211 veículos, face ao mesmo mês de 2015.

No mercado de veículos pesados e de mercadorias verificou-se um crescimento de 48%, tendo sido vendidos 404 veículos desta categoria.

A lei do Orçamento do Estado para 2016 prevê o aumento dos impostos sobre os veículos, o que poderá ter contribuído para o aumento das vendas de automóveis em fevereiro, antes da entrada em vigor dos novos montantes fiscais.

O Imposto Único de Circulação vai aumentar 0,5% em 2016 em todos os automóveis, independentemente da cilindrada, emissões poluentes e do tipo de combustível.

O Governo vai também aumentar o Imposto sobre Veículos em 3% na componente cilindrada e entre 10% e 20% na componente ambiental.

Lusa

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.