sicnot

Perfil

Economia

Vendas de automóveis cresceram 23,4% em fevereiro

As vendas de automóveis em Portugal atingiram as 20.640 unidades em fevereiro, o que corresponde a mais 23,4% que as unidades vendidas no mesmo mês de 2015, informou esta terça-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

(Arquivo)

(Arquivo)

De acordo com um comunicado da ACAP, nos dois primeiros meses deste ano foram vendidos em Portugal 37.124 veículos automóveis, o que representou um crescimento de 20,2% relativamente ao mesmo período do ano passado.

Em fevereiro foram vendidos 18.025 automóveis ligeiros de passageiros, com o mercado a registar um crescimento de 26%.

Ao mesmo tempo o mercado de veículos comerciais ligeiros registou um crescimento homólogo de 3,2%, tendo sido comercializados 2.211 veículos, face ao mesmo mês de 2015.

No mercado de veículos pesados e de mercadorias verificou-se um crescimento de 48%, tendo sido vendidos 404 veículos desta categoria.

A lei do Orçamento do Estado para 2016 prevê o aumento dos impostos sobre os veículos, o que poderá ter contribuído para o aumento das vendas de automóveis em fevereiro, antes da entrada em vigor dos novos montantes fiscais.

O Imposto Único de Circulação vai aumentar 0,5% em 2016 em todos os automóveis, independentemente da cilindrada, emissões poluentes e do tipo de combustível.

O Governo vai também aumentar o Imposto sobre Veículos em 3% na componente cilindrada e entre 10% e 20% na componente ambiental.

Lusa

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14
  • Ambientalistas consideram insuficiente estratégia de Bruxelas para reduzir plástico
    2:07