sicnot

Perfil

Economia

Maria Luís Albuquerque contratada para grupo de gestão de crédito

A ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque foi nomeada para diretora não executiva do Arrow Global, grupo britânico de gestão de crédito, que tem em Portugal clientes como o Banif, o Millennium BCP ou o Montepio.

Maria Luís Albuquerque, ex-ministra das Finanças.

Maria Luís Albuquerque, ex-ministra das Finanças.

Num comunicado publicado na sua página oficial, o grupo Arrow Global informa que indicou a ministra das Finanças do anterior governo PSD/CDS-PP, Maria Luís Albuquerque, como diretora não executiva com efeitos a 7 de março e que a agora deputada vai integrar o comité de risco e auditoria.

Destacando os cargos públicos desempenhados por Maria Luís Albuquerque, o presidente do Conselho de Administração do grupo Arrow Global, Jonathan Bloomer, mostra-se satisfeito com a nomeação da ex-ministra.

Jonathan Bloomer considera que a experiência de Maria Luís Albuquerque como governante e na Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) "vai enriquecer" o grupo, que prevê "expandir-se a novas geografias e novas classes de ativos".

Segundo uma apresentação a investidores do verão em 2015, publicada na página do grupo na Internet, a Arrow Global gere em Portugal uma carteira de crédito de 5,5 mil milhões de euros, tendo entre os clientes os bancos Banif, Millennium BCP, Montepio, Santander, Banco Popular, entre outros.

No setor não financeiro, entre os clientes da Arrow Global estão as companhias de seguros Açoreana e AXA, bem como a empresa de telecomunicações Vodafone.

No ano passado, a Arrow Global adquiriu a Whitestar por 48 milhões de euros à Carval Investors, que tinha cerca de 300 colaboradores em Portugal.

A Whitestar, que operava no mercado nacional desde 2007, pertenceu ao falido Lehman Brothers e esteve depois sob gestão da consultora Pricewaterhousecoopers (PwC) até 2014, quando foi vendida à Carval.

Lusa

  • Maria Luís Albuquerque recusa incompatibilidade das novas funções

    Economia

    A deputada do PSD e ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque confirmou hoje a sua contratação pela Arrow Global para administradora não executiva, defendendo não ter "nenhuma incompatibilidade ou impedimento legal" com atuais ou anteriores funções políticas. O PCP já anunciou que vai levar a matéria à subcomissão parlamentar de Ética.

  • O insólito cartão amarelo mostrado a Felipe

    Desporto

    Aos 53 minutos do jogo desta quarta-feira entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Sousa apercebe-se que Felipe enganou-se na camisola que vestiu ao intervalo. O defesa central reentrou com a camisola de Soares. O árbitro mostrou o cartão amarelo e mandou o jogador para o banco trocar de camisola.

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.