sicnot

Perfil

Economia

Ryanair vai fazer voo Porto-Milão Malpensa que a TAP deixa de fazer

A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou hoje quatro novas ligações por semana do Porto para Milão Malpensa, em Itália, a partir de setembro, rota que a TAP vai suspender no final do mês.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Agencja Gazeta / Reuters

"Acreditávamos que havia um mercado, que valia a pena. Para nós, Malpensa era muito importante, é uma matéria referida pela indústria do calçado e têxtil, e também por muitos emigrantes, [porque o aeroporto de Malpensa] serve uma parte da nossa emigração na Suíça", sustentou ao autarca do Porto, que classificou esta ligação como "absolutamente crucial do ponto de vista industrial e da atratividade da cidade".

O independente Rui Moreira referiu ter feito o "desafio à Ryanair de fazer contas e olhar para esta oportunidade que tinha sido aberta, porque outras companhias entenderam não fazer o serviço".

"Ficamos muito satisfeitos", disse, "como tinha dito antes, o mercado há de resolver o défice que temos temporariamente e [esta ligação direta a Malpensa] começar em setembro é excelente, é a altura em que a indústria começa a tratar das vendas para 2017".

Em janeiro, a TAP anunciou a suspensão a partir do dia 27 de quatro rotas do Porto para Barcelona, Milão (Malpensa), Bruxelas e Roma, e outras cinco de Lisboa com ligação a diferentes cidades europeias.

Rui Moreira tem criticado a estratégia da TAP para o Porto, acusando-a de ter em curso uma estratégia para "destruir o aeroporto Francisco Sá Carneiro", com vista a construir em Lisboa "um novo aeroporto e uma nova ponte".

Esta ligação para Malpensa, destacou, "era uma das preocupações da região" e conseguir quatro ligações por semana "é uma notícia fantástica".

Questionado sobre se esta nova rota da Ryanair é a confirmação de que o Porto és estratégico e rentável para as companhias aéreas, Moreira foi perentório, afirmando "tem de ser".

"Demonstra-se aqui que é, há aqui uma oportunidade", vincou.

O autarca do Porto voltou a afirmar que a Câmara, nem no tempo de Rui Rio nem agora, "nunca subsidiou nem a Ryanair nem nenhuma companhia" e "nem pode, nem esta nem nenhuma outra câmara, nem o Estado".

"Aquilo que houve no passado e sei que este Governo está a preparar mais uma vez é uma política de incentivos de rotas, Essa política aplicava-se a todos os aeroportos nacionais e companhias aéreas, Aliás, suspeito que com as novas rotas que a TAP está a abrir de Lisboa, a TAP vai ser um grande candidato a esses subsídios do Turismo de Portugal, mas por respeito à Ryanair não gostaria de falar disso", afirmou.

O responsável da companhia aérea 'low cost' esclareceu hoje que estas quatro ligações semanais para Milão Malpensa juntam-se às 11 semanais anunciadas em fevereiro do Porto para Milão Bergamo, a partir de outubro.Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.