sicnot

Perfil

Economia

Portugal escolhido como um dos sete centros de suporte empresarial da Microsoft

Portugal foi escolhido para receber um dos sete centros de suporte empresarial da Microsoft a nível mundial, disse hoje à Lusa o diretor-geral da Microsoft Portugal, João Couto.

© Mike Segar / Reuters

Este centro de suporte empresarial "de tecnologia de ponta 'cloud' já existia em Portugal e nós conseguimos triplicar de 80 para 240 pessoas", em quase dois anos, adiantou João Couto.

O facto de agora Portugal ter sido escolhido para receber um dos sete centros de suporte empresarial da Microsoft, num processo de consolidação, é "muito positivo", destacou o diretor-geral da subsidiária tecnológica portuguesa.

Anteriormente, havia 21 centros de suporte empresarial, que agora passam a sete.

Este centro de suporte da Microsoft vai apresentar serviços em tecnologia 'Cloud' - Office 365 e Azure -, que é a área que mais cresce no setor, para toda a Europa Ocidental e de Leste e África, de acordo com a empresa.

João Couto destacou a "importância a nível simbólico" da escolha de Portugal, já que "aumenta a expectativa de crescimento real do centro" e "reforça as competências de Portugal em 'nearshore' [transferência de processos para empresas de países próximos]".

Por outro lado, "Portugal pode dar cartas importantes nesta área, não só em tecnologias de informação como para a economia portuguesa", considerou.

O centro de suporte empresarial, localizado na sede da Microsoft Portugal, representa um investimento de 21 milhões de euros por parte da Microsoft Corporation.

O diretor-geral reforçou que este centro conta com "recursos humanos altamente qualificados em tecnologia de ponta".

Questionado sobre quantas pessoas podem vir a contratar, João Couto referiu que o plano de crescimento ainda está a ser "afinado".

"Conseguimos fazer crescer o centro ainda antes desta decisão" de escolha de Portugal como um dos sete centros de suporte, disse.

"É importante ter aqui um centro de competências, podemos não só ajudar a economia local, mas também o setor, no seu global" e criar "um setor exportador", salientou.

Em dezembro de 2013, a Microsoft contratou 25 técnicos altamente especializados, crescendo o centro da altura para 110 pessoas.

Entretanto, em julho de 2014, a tecnológica reforçou a equipa com mais 15 recém licenciados e, três meses depois, assinou um memorando de entendimento com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e o Ministério da Economia, onde assumia o compromisso de aumentar o centro de suporte para 200 pessoas.

Atualmente, conta com 240 profissionais.

Lusa

  • CDS quer que Governo revele detalhes do negócio do Novo Banco
    0:46

    Economia

    O CDS considera fundamental que o Governo revele os detalhes do negócio do Novo Banco para que pare com a especulação. Os centristas guardam uma posição política para depois de serem conhecidos os pormenores e lembram, mais uma vez, que o Executivo tem uma maioria parlamentar de Esquerda que o apoia.

  • ASAE faz doação de roupa apreendida
    1:15

    País

    A ASAE doou cerca de 200 peças de vestuário à Associação CAIS, apreendidas em ações de fiscalização. O valor destas peças é de quase 10 mil euros. Em 2016, a ASAE fez 100 ações de doação, um total de aproximadamente 14 mil peças.

  • PSD tem dúvidas sobre legalidade da taxa de proteção civil de Lisboa
    0:33

    País

    O PSD disse esta quarta-feira que a taxa de proteção civil da Câmara de Lisboa é um imposto e tem dúvidas sobre a legalidade. Numa reação ao envio deste diploma para o Tribunal Constitucional pelo Provedor de Justiça, os sociais-democratas deixaram ainda a promessa de acabar com a taxa, caso vençam as eleições na capital.

  • Conheça o Spa para recém-nascidos
    1:28

    Mundo

    Chama-se Baby Spa Perth e fica na Austrália. Nos últimos dias, o mundo ficou a conhecer este spa graças às fotografias dos bebés com as boias, que se tornaram virais nas redes sociais. O spa tem hidroterapia personalizada e massagens relaxantes. A boia, Bubby, permite que os bebés possam flutuar na água, sozinhos e em segurança.

    Patrícia Almeida

  • A rã que brilha no escuro
    2:08

    Mundo

    É a última descoberta do reino animal. Foi encontrada acidentalmente na Argentina uma nova espécie de rã, fluorescente.