sicnot

Perfil

Economia

UTAO estima que défice de 2015 tenha ficado nos 3,3%, sem Banif

Os técnicos que dão apoio ao Parlamento estimam que o défice das contas públicas no ano passado tenha ficado nos 3,3%. A confirmar-se, Portugal falhou a meta de 3% com que se tinha comprometido com a União Europeia.

REUTERS

Os 3,3% previstos pela UTAO não contam com o impacto da resolução do Banif, que pode ter disparado o défice para os 4,6% do PIB. Ou seja, o país não terá saído do procedimento por défice excessivo, ao contrário do prometido pelo anterior Governo.

Na análise à execução orçamental de janeiro, os técnicos da UTAO dizem que ainda é cedo para perceber se as metas do novo orçamento poderão ser cumpridas e destacam que, este ano, o Estado vai gastar o valor mais baixo com prestações de desemprego dos últimos 8 anos.

  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • E agora?
    15:07
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.