sicnot

Perfil

Economia

BCE comprou dívida pública num valor superior a 608 mil milhões de euros

O Banco Central Europeu (BCE) informou hoje que comprou até agora dívida pública da zona euro no valor de 608.003 milhões de euros.

A sede do BCE, em Frankfurt, Alemanha.

A sede do BCE, em Frankfurt, Alemanha.

© Ralph Orlowski / Reuters

O Conselho de Governadores do BCE reúne-se na quinta-feira e deverá decidir aplicar mais estímulos monetários na zona euro para impulsionar a inflação, podendo reduzir a taxa de juro aplicada aos depósitos, que está em -0,30%.

O BCE lançou em março de 2015 um vasto programa de compra de dívida pública e privada no valor mensal de 60 mil milhões de euros, podendo também decidir aumentar o volume de aquisições.

Em dezembro passado, o BCE optou por prolongar este programa até março de 2017, quando tinha o fim previsto para setembro deste ano, sem no entanto aumentar o volume de compras.

Após a reunião de janeiro, o presidente do BCE, Mario Draghi, afirmou que aumentaram os riscos para o crescimento económico na zona euro no início do ano e que na reunião de março poderia "ser necessário rever e eventualmente reconsiderar" a política monetária da instituição.

Depois de ter sido anunciado que a inflação recuou para terreno negativo na zona euro em fevereiro (-0,2%), os mercados consideram cada vez mais provável um reforço dos estímulos depois da reunião do BCE de quinta-feira.

Lusa

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43