sicnot

Perfil

Economia

Ex-banqueiro do JPMorgan condenado a 5 anos prisão por desvios de dinheiro

Um ex-banqueiro norte-americano do JPMorgan Chase, acusado de desviar dinheiro de clientes do banco, foi hoje condenado a cinco anos de prisão.

© Mike Segar / Reuters

Michael Oppenheim, de 49 anos, entrado no banco em 2002 e despedido há um ano, tinha sido acusado e detido em abril de 2015 pela polícia federal (FBI).

Acabou por admitir, em novembro, ter desviado "pelo menos 20 milhões de dólares" (18 milhões de euros), durante mais de três anos, a clientes riquíssimos, dos quais geria os investimentos.

O destino do dinheiro desviado foi uso em proveito próprio, designadamente a amortização do crédito imobiliário e especulação bolsista.

Além dos cinco anos de prisão, a juíza Analisa Torres, de um tribunal de Manhattan, condenou Michael Oppenheim a restituir os 20 milhões de dólares desviados ao JPMorgan.

Durante todo o julgamento, Oppenheim reclamou inocência, argumentando com uma dependência do jogo para explicar a sua conduta.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à marge norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Última Hora

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos oito jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.