sicnot

Perfil

Economia

Credores da Grécia retomam negociações em Atenas

O quarteto representante dos credores da Grécia iniciou hoje em Atenas negociações com o Governo para finalizar em abril a avaliação das reformas que o país tem de aplicar, permitindo discutir um alívio da dívida.

O pagamento de cerca de 500 milhões de euros deverá acontecer assim que se adote a legislação, enquanto outros 800 milhões deverão chegar à Grécia antes de 2017. (Arquivo)

O pagamento de cerca de 500 milhões de euros deverá acontecer assim que se adote a legislação, enquanto outros 800 milhões deverão chegar à Grécia antes de 2017. (Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

Os chefes de missão das instituições credoras - Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu e Mecanismo Europeu de Estabilidade - devem começar por reunir-se com o ministro das Finanças, Euclide Tsakalotos, seguindo-se um encontro com o ministro do Emprego, Georges Katrougalos.

As conversações estão centradas em questões orçamentais para que o país consiga um excedente primário de 3,5% em 2018, através de uma nova reforma fiscal e da reforma do sistema de pensões que está a ser preparada pelo Governo e que tem suscitado alguma agitação social.

Desde o início de fevereiro que a ausência de uma convergência entre as duas partes atrasou o regresso do quarteto a Atenas, apesar da impaciência do Governo liderado por Alexis Tsipras, que deseja concluir o mais depressa possível as negociações, tendo em vista evitar a falta de liquidez.

A situação foi desbloqueada na segunda-feira em Bruxelas numa reunião de ministros das Finanças da zona euro, tendo em conta o risco de uma desestabilização da Grécia devido à crise migratória.

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, anunciou na ocasião que a zona euro está disponível para cumprir a "promessa" de discutir a dívida grega.

Dijsselbloem disse que havia um compromisso de longa data nesse sentido "se o Governo grego cumprisse os seus compromissos".

O FMI afirmou que só participaria neste terceiro programa de assistência financeira acordado em julho se houvesse um maior esforço de Atenas em matéria de reforma do sistema de pensões e um acordo na zona euro para um alívio da dívida grega.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.