sicnot

Perfil

Economia

Portugal quer arrecadar hoje até 1.250 M€ em leilões de obrigações

Portugal vai hoje ao mercado com dois leilões de Obrigações do Tesouro, com maturidades de cinco e de dez anos, para obter até 1.250 milhões de euros, segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP).

(Arquivo)

(Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

Na nota divulgada à comunicação social na semana passada, o IGCP adianta que as Obrigações do Tesouro que serão emitidas têm maturidade de cinco e dez anos, a 15 de abril de 2021 e 21 de julho de 2026, "com um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros".

No leilão comparável a cinco anos, que ocorreu a 22 de julho e que tinha um montante indicativo global entre os 1.000 milhões e os 1.250 milhões de euros, o IGCP conseguiu emitir 900 milhões de euros a uma taxa de 1,423%.

Já no leilão comparável a dez anos, que ocorreu a 25 de novembro com um montante indicativo entre os 750 milhões e os 1.000 milhões de euros, Portugal conseguiu colocar 995 milhões de euros a uma taxa de 2,42%.

O IGCP espera emitir, em termos brutos, 18.000 a 20.000 milhões de euros em dívida de médio e longo prazo em 2016, "combinando sindicatos e leilões" e assegurando "no mínimo" um leilão de Obrigações do Tesouro (OT) por trimestre.

Lusa

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.