sicnot

Perfil

Economia

Siemens vai eliminar 2.500 empregos na divisão industrial

O grupo industrial e tecnológico alemão Siemens anunciou esta quarta-feira que vai suprimir 2.500 empregos na sua divisão industrial, 2000 dos quais na Alemanha, mas prevê contratar no futuro cerca de 25 mil pessoas por ano em novos setores.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Lukas Barth / Reuters

Em comunicado, a Siemens indicou que esta reorganização surge no quadro de uma transição para "uma empresa industrial digital" e que das futuras contratações 3000 serão na Alemanha.

Mas, numa primeira fase, a empresa, que tem um total de 348.000 funcionários, vai eliminar 2.500 empregos.

Segundo a Siemens, a redução de postos de trabalho será feita de forma socialmente responsável.

"O principal objetivo desta medida prevista é consolidar as atividades e otimizar a dimensão das fábricas de produção na Europa para melhorar a competitividade num mercado que continua a ser difícil", referiu a empresa.

Lusa

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Crianças no Daesh - 2ª Parte
    23:43
  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Estes engenheiros não tiveram formação para exercer arquitetura"
    7:00

    País

    O Parlamento aprovou esta quarta-feira as propostas do PSD e do PAN para devolver aos engenheiros a possibilidade de assinarem projetos de arquitetura. Os aquitetos discordam da medida. José Manuel Pedreirinho, presidente da Ordem dos arquitetos, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Foi uma grande honra ser deputado"
    1:23

    País

    Alberto Martins vai deixar a vida política, o socialista renunciou esta quarta-feira ao cargo de deputado, que ocupava há 30 anos, com algumas interrupções. Alberto Martins desempenhou funções de ministro da Reforma do Estado no segundo Governo de António Guterres, e de ministro da Justiça no segundo Executivo liderado por josé Sócrates. O socialista vai ser substituído por Hugo Carvalho.