sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida portuguesa a cair a pique depois do anúncio do BCE

EM ATUALIZAÇÃO

As taxas de juros da dívida portuguesa estão a recuar em todos os prazos, com a taxa a 10 anos a cair para baixo da barreira dos 3%, em reação às decisões hoje anunciadas pelo Banco Central Europeu (BCE).

Pelas 14:30, a taxa de juro da dívida pública portuguesa a dois anos recuava para 0,672% (0,706% na quarta-feira), a cinco anos baixava para 2,022% (2,040% na quarta-feira), e a 10 anos caía para 2,986% (3,147% na quarta-feira).

Esta tendência de descida estendeu-se a outros países europeus como Espanha, Irlanda, Itália e Grécia, e acentuou-se depois de o BCE ter anunciado que decidiu cortar todas as suas taxas de juro, passando a taxa diretora para 0%, um novo mínimo histórico, e de ter reforçado o programa de compra de ativos que lançou há um ano.

A taxa de juro diretora do BCE, aplicada às principais operações de refinanciamento, estava em 0,05% desde setembro de 2014.

Na reunião de hoje, o BCE reduziu também a taxa de juro aplicável à facilidade permanente de cedência de liquidez para 0,25%, um corte de cinco pontos base, e a taxa de depósitos passou de -0,30% para -0,40%, um corte de 10 pontos base.

O Conselho de Governadores do BCE decidiu também alargar o programa de compra de dívida lançado há ano e passou o volume mensal de 60 mil milhões de euros para 80 mil milhões de euros.

A instituição liderada por Mario Draghi vai também lançar a partir de junho quatro operações de refinanciamento de longo prazo, cada uma com uma maturidade de quatro anos.

Depois de terem sido anunciadas as principais decisões da reunião de hoje do BCE, o euro caiu face ao dólar e às 13:20 (hora de Lisboa) negociava abaixo de 1,09 dólares, tendo entretanto recuperado terreno e sendo negociado nos 1,1088 dólares pelas 15:00.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.