sicnot

Perfil

Economia

Morgan Stanley questiona previsões de Portugal e alerta para riscos da estabilidade governativa

O banco norte-americano Morgan Stanley questionou hoje as previsões económicas elaboradas pelo Governo português, alertando para os riscos da estabilidade governativa do país.

Num relatório enviado aos seus clientes, citado pela agência EFE, o Morgan Stanley sublinha que se o seu prognóstico se materializar e Portugal não cumprir com os seus objetivos de redução do défice, Bruxelas poderá exigir ao país ajustamentos adicionais, o que "colocaria o Executivo socialista sob pressão".

"O Governo minoritário de Portugal está preparado para aplicar medidas adicionais de austeridade no caso de uma derrapagem da sua trajetória orçamental, mas até que ponto conseguirá fazê-lo ao mesmo tempo que mantém o apoio dos partidos da extrema esquerda. Isso é algo que vamos ver", questionam os analistas do banco norte-americano.

Na sua opinião, "a falta de reformas no país está a tornar-se num fator preocupante" e ainda que a anulação gradual de várias medidas de austeridade "ajudará ao consumo", também poderá "pôr em perigo a melhoria da competitividade" registada em anos anteriores.

As projeções económicas da Morgan Stanley são mais pessimistas do que as do Governo português, já que estima uma subida do PIB para 2016 de 1,3%, cinco décimas abaixo das do Executivo.

Ao nível do défice público, que o Governo português se compromete a reduzir até aos 2,2% do PIB, o Morgan Stanley aponta para que se situará em torno dos 3%.

"Portugal está a caminhar num terreno incerto", é o título do relatório do banco norte-americano, com a instituição a esperar "que a recuperação continue" mas a um ritmo mais lento.

Lusa

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Primeiro-ministro sueco "surpreendido" com as declarações de Trump
    0:53

    Mundo

    O primeiro-ministro sueco ficou surpreendido com as declarações de Donald Trump, que, no fim de semana, se referiu a um suposto ataque terrorista no país escandinavo, relacionado com a imigração. Stefan Löfven fala na responsabilidade de usar os factos correctamente e diz que é preciso verificar a informação que é divulgada.

  • Angelina emociona-se ao falar da separação de Brad Pitt
    1:25
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46