sicnot

Perfil

Economia

Morgan Stanley questiona previsões de Portugal e alerta para riscos da estabilidade governativa

O banco norte-americano Morgan Stanley questionou hoje as previsões económicas elaboradas pelo Governo português, alertando para os riscos da estabilidade governativa do país.

Num relatório enviado aos seus clientes, citado pela agência EFE, o Morgan Stanley sublinha que se o seu prognóstico se materializar e Portugal não cumprir com os seus objetivos de redução do défice, Bruxelas poderá exigir ao país ajustamentos adicionais, o que "colocaria o Executivo socialista sob pressão".

"O Governo minoritário de Portugal está preparado para aplicar medidas adicionais de austeridade no caso de uma derrapagem da sua trajetória orçamental, mas até que ponto conseguirá fazê-lo ao mesmo tempo que mantém o apoio dos partidos da extrema esquerda. Isso é algo que vamos ver", questionam os analistas do banco norte-americano.

Na sua opinião, "a falta de reformas no país está a tornar-se num fator preocupante" e ainda que a anulação gradual de várias medidas de austeridade "ajudará ao consumo", também poderá "pôr em perigo a melhoria da competitividade" registada em anos anteriores.

As projeções económicas da Morgan Stanley são mais pessimistas do que as do Governo português, já que estima uma subida do PIB para 2016 de 1,3%, cinco décimas abaixo das do Executivo.

Ao nível do défice público, que o Governo português se compromete a reduzir até aos 2,2% do PIB, o Morgan Stanley aponta para que se situará em torno dos 3%.

"Portugal está a caminhar num terreno incerto", é o título do relatório do banco norte-americano, com a instituição a esperar "que a recuperação continue" mas a um ritmo mais lento.

Lusa

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.