sicnot

Perfil

Economia

Avon corta 2.500 postos de trabalho e muda sede para o Reino Unido

A Avon anunciou, esta segunda-feira, que vai suprimir 2.500 postos de trabalho e mudar a sua sede para o Reino Unido, a mais recente reestruturação após a venda dos seus negócios na América do Norte.

No final do ano passado, a Avon empregava 28.300 pessoas fora da América do Norte.

No final do ano passado, a Avon empregava 28.300 pessoas fora da América do Norte.

© Brendan McDermid / Reuters

A empresa de venda de cosméticos indicou, em comunicado, que espera que a poupança decorrente das recentes medidas, incluindo da redução da força laboral, atinja 70 milhões de dólares em 2017.

A Avon tem "operações comerciais importantes" no Reino Unido e a mudança vai ter lugar "ao longo do tempo", refere o comunicado, sem especificar uma data em concreto.

"Com a conclusão recente da venda do negócio na América do Norte, as nossas operações comerciais estão agora totalmente fora dos Estados Unidos, permitindo-os repensar drasticamente o nosso modelo operacional", disse a CEO da Avon, Sheri McCoy, no mesmo comunicado.

A empresa vai manter duas instalações no estado de Nova Iorque, continuando a estar incorporada em Nova Iorque e a transacionar na bolsa.

No final do ano passado, a Avon empregava 28.300 pessoas fora da América do Norte.

Em dezembro, o Fundo de Investimento Cerberus Capital Management adquiriu 16,6% do capital da Avon e 80,1% do seu negócio na América do Norte, num negócio avaliado em 605 milhões de dólares.

Os produtos da Avon são vendidos de porta-a-porta através de seis milhões de representantes independentes em cerca de 70 países.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica da delegação portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, realizou-se esta segunda-feira. A visita serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.