sicnot

Perfil

Economia

Postos de combustível do nordeste transmontano com quebras entre 30% e 40%

Postos de combustível do nordeste transmontano com quebras entre 30% e 40%

O presidente da Câmara de Bragança reclama medidas fiscais que permitam às regiões fronteiriças concorrer com os preços dos combustíveis espanhóis. Só no último mês alguns postos do nordeste transmontano registaram quebras entre 30% e 40%.

  • Cada vez mais portugueses abastecem em Espanha
    1:59

    Economia

    Com o aumento do preço dos combustíveis cada vez mais portugueses atravessam a fronteira para abastecer em Espanha. Se algumas bombas de combustível do lado português já quase não têm clientes, a presença de matrículas portuguesas no país vizinho é uma constante.

  • Abastecer em Espanha rende 20 euros num depósito de um carro
    2:23

    Economia

    Para os portugueses que vão abastecer de combustível a Espanha a diferença de preços é compensadora. A diferença pode chegar aos 20 euros por depósito num automóvel e aos 300 euros num camião. Neste altura, os condutores portugueses estarão já a deixar cerca de um milhão de euros por dia nos postos de combustível do outro lado da fronteira.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".