sicnot

Perfil

Economia

Deputados insistem em ouvir Stock da Cunha na Comissão de Trabalho

Os deputados da Comissão de Trabalho e Segurança Social estão insatisfeitos com a falta de resposta de Stock da Cunha, líder do Novo Banco, à chamada para se apresentar nesta comissão, esperando a sua comparência no dia 29 de março.

MIGUEL A. LOPES

"Vamos enviar uma nova carta ao presidente do Conselho de Administração do Novo Banco a dar nota da nossa insatisfação pela forma como ele tem mantido a sua relação com a nossa comissão e também uma carta ao presidente da Assembleia da República a dar nota do mesmo", informou Feliciano Barreiras Duarte, que preside esta comissão.

O deputado do PSD falava no encerramento dos trabalhos de hoje da Comissão de Trabalho e Segurança Social, dedicada hoje à audição da Comissão Nacional de Trabalhadores (CNT) do Novo Banco devido ao processo de rescisões por mútuo acordo que está em marcha no banco.

Segundo o responsável, o interlocutor do Novo Banco com esta comissão parlamentar tem sido Francisco Vieira da Cruz, que tem o pelouro dos recursos humanos da instituição financeira.

Mas a ausência de resposta por parte do apelo para que Stock da Cunha compareça no parlamento, cujo pedido foi feito a 10 de março, estão a causar incómodo junto dos parlamentares.

Já as propostas lançadas (por CDS-PP e PCP, respetivamente) para ouvir o Banco de Portugal e o Fundo de Resolução na Comissão de Trabalho sobre esta matéria vão ser votadas na reunião agendada para a próxima quarta-feira.

A 25 de fevereiro, a administração do Novo Banco deu conta que, no âmbito do plano de reestruturação acordado com Bruxelas, têm que sair mais 500 trabalhadores da entidade durante este ano (depois dos 500 que já saíram ao longo dos últimos meses), e tem que haver um corte de 150 milhões de euros nos custos operacionais.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC