sicnot

Perfil

Economia

Salários da ANAC tiveram como referências primeiro-ministro e governador do BdP

A Comissão de Vencimentos da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) decidiu o aumento de salários de gestores do regulador da aviação tendo como referência superior o vencimento do governador do Banco de Portugal e inferior o do primeiro-ministro.

© Thierry Roge / Reuters

"Pareceu-nos que devia ser considerado como referência superior, não alcançável, a remuneração do Banco de Portugal e como referência inferior o vencimento do primeiro-ministro", afirmou Eduardo Cardadeiro, um dos três membros da comissão de vencimentos da ANAC, em audição no parlamento, em resposta ao deputado do CDS-PP Pedro Mota Soares.

A 26 de outubro passado, a comissão de vencimentos da ANAC decidiu por unanimidade fixar o vencimento mensal em 12.400 euros para o presidente, 11.160 euros para o vice-presidente e 9.920 euros para o vogal.

O valor da remuneração mensal do governador do Banco de Portugal, utilizado como referencial máximo, é de 13.268 euros.

Questionado pelo deputado do PCP Bruno Dias sobre a opção por esta referência, Eduardo Cardadeiro defendeu a decisão, considerando-a "consistente com a evolução destas entidades", referindo-se ao reforço de poder do Instituto Nacional da Aviação Civil, que passou a ANAC.

"Não achámos estranho e considerámos consistente com a evolução destas entidades. Houve um upgrade dos institutos a entidades reguladores independentes, com mais funções e mais responsabilidade. Foi o racional que para nós fez sentido", acrescentou.

Dos três membros da Comissão de Vencimentos do supervisor da aviação estiveram presentes Eduardo Cardadeiro, escolhido pelo Ministério da Economia, e Luís Pires, nomeado pelo Ministério das Finanças, ficando a faltar o membro indicado pela ANAC, Luís Almeida.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02