sicnot

Perfil

Economia

Taxistas descontentes após reunião com Governo

Os taxistas defenderam que os 17 milhões de euros anunciados hoje pelo Governo para o setor são uma "moeda de troca" para que se abra a porta à regulamentação da Uber, mas o Ministério do Ambiente refutou a acusação.

(SIC/Arquivo)

"Era urgente que o Governo desse hoje uma resposta. E a resposta que nos foi dada foi: tomem lá 20 ou 22 milhões de euros [pacote pode chegar aos 22 M€], calem a boca, vocês sentam-se connosco no futuro e vamos arranjar forma de mexer na regulamentação para encaixar a Uber lá dentro", afirmou aos jornalistas o presidente da Federação Portuguesa do Táxi, Carlos Ramos, depois de uma reunião com o ministro do Ambiente.

Após três horas de reunião, em Lisboa, também o presidente da Associação Nacional dos Transportes Rodoviários, Florêncio de Almeida, mostrou-se insatisfeito com o encontro "inconclusivo", considerando que o pacote governamental de 10 medidas para a modernização do setor não lhe diz "nada neste momento", pois o único objetivo do encontro era discutir a questão da Uber (plataforma que fornece serviço privado de transporte).

"Não vamos aceitar [este pacote] como moeda de troca. A Uber é o problema que está em cima da mesa e é esse que tem de ser resolvido. Nunca investiram um euro nesta indústria, não é agora que aparecem 17 milhões de euros - o que eu duvido - para nos calar", afirmou Florêncio de Almeida.

O ponto 10 da proposta prende-se com a intenção do Governo em avançar com a regulação do setor e o enquadramento das novas formas de mobilidade. Nesse sentido - sem mencionar diretamente a Uber -, o Ministério do Ambiente quer iniciar o "processo de conversações bilaterais, com vista à harmonização da regulação e do acesso ao mercado do táxi dos setores conexos, garantindo a salvaguarda do interesse público".

O presidente da Federação Portuguesa do Táxi ficou "surpreendido" quando o ministro João Pedro Fernandes apresentou este pacote - pois a único tema previsto a ser discutido era a Uber -, e considerou que esta medida que visa a regulamentação do setor tem um objetivo.

"Há uma ilegalidade em Portugal. Há alguém que representa a República, que neste momento é o senhor ministro ou o Governo, que tem de fazer cumprir a lei. Não aceitamos que nos ponham um pacote que vale 17 ou 20 milhões de euros e em contrapartida deixar encaixar a Uber na futura regulamentação. Não aceitamos isso", sustentou Carlos Ramos.

Depois das duas associações que representam os profissionais de táxis, falou aos jornalistas o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente para refutar as acusações.

"Este conjunto de medidas não é para servir de moeda de troca para nada. O ponto 10 do documento, aponta para a frente e para a necessidade de, aqui e ali, se fazer a harmonização regulamentar porque a regulamentação é dinâmica. Agora, não aponta para a entrada nem para a saída de nenhuma plataforma em particular", sublinhou José Mendes.

Segundo o governante, o pacote de medidas visa modernizar o setor dos táxis, podendo "ajudar os taxistas a serem mais competitivos".

Quanto à Uber, o secretário de Estado reiterou que a sua atividade não tem enquadramento legal e deixou a garantia de que a fiscalização é para continuar com vista a punir os operadores de transporte ilegais, quer trabalhem para a Uber ou para outra qualquer plataforma.

O governante disse ainda que está a "ponderar" receber os representantes da Uber, com vista a ouvir todos os intervenientes nesta matéria.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.