sicnot

Perfil

Economia

Ikea recolhe base de candeeiros Gothem devido a risco de cabos danificados

A Ikea pediu hoje aos clientes que tenham comprado bases para candeeiro Gothem que as devolvam por suspeitas de cabos danificados, mesmo que não tenham a fatura ou outro comprovativo da compra, garantindo assim o reembolso na totalidade.

"Esta medida, de prevenção, surge na sequência do relato de alguns casos de danificação dos cabos elétricos na base do candeeiro Gothem, que podem levar a que o corpo metálico fique eletrizado, tornando-se num risco para a segurança", afirma a empresa sueca de mobiliário num comunicado hoje divulgado.

O produto está à venda em todos os mercados Ikea, desde outubro de 2015.

A Ikea defende, naquele documento, que a segurança dos produtos é "uma prioridade máxima" para a empresa e que "todos" os artigos Ikea são testados em conformidade com os padrões de segurança aplicáveis e de acordo com a legislação em vigor.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.