sicnot

Perfil

Economia

Fundador do Facebook reuniu-se com chefe de propaganda do PC Chinês

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, reuniu-se este fim de semana com o responsável pela propaganda do Partido Comunista Chinês (PCC), Liu Yunshan, salientando a sua aproximação a um dos raros países que bloqueia aquela rede social.

Mark Zuckerberg tem realizado vários encontros com altos responsáveis na China, país que bloqueia o Facebook.

Mark Zuckerberg tem realizado vários encontros com altos responsáveis na China, país que bloqueia o Facebook.

© POOL New / Reuters

O encontro ocorreu em Pequim, um dia após Zuckerberg ter gerado controvérsia ao publicar uma fotografia sua a correr junto à icónica praça Tiananmen, apesar do alto nível de poluição que atingia a capital chinesa.

Liu Yunshan é um dos sete membros do Comité Permanente do Politburo do PCC, a cúpula do poder na China.

Segundo a agência oficial Xinhua, o dirigente chinês enalteceu a tecnologia "avançada" do Facebook e apelou à cooperação entre aquela rede social e as suas congéneres chinesas.

Zuckerberg, que é casado com uma chinesa com nacionalidade norte-americana, destacou o progresso da China na área da internet e afirmou que trabalharia com o país para "criar um mundo melhor no ciberespaço", revelou a agência.

A população 'online' da China atingiu os 688 milhões de pessoas em 2015, mas Pequim esforça-se para sufocar a liberdade criada pela internet através do "Grande Firewall da China".

Além do Facebook, aquele mecanismo censura 'sites' como o Youtube, Google e Twitter e importantes órgãos de comunicação social estrangeiros.

Segunda maior economia do mundo, a seguir aos Estados Unidos da América, a China está, neste aspeto, ao nível da Coreia do Norte e do Irão, dois dos outros raros países cujos governos baniram o Facebook.

Zuckerberg não oculta o seu desejo de alargar aquela rede social à China e algo que jé demonstrou em várias ocasiões com 'operações de charme', como o discurso que proferiu em mandarim, no ano passado, numa prestigiada universidade chinesa.

Durante a visita do Presidente chinês Xi Jinping aos EUA, em setembro passado, deixou-se fotografar no seu escritório com o livro oficial do Presidente chinês, "A Governança da China", pousado na sua secretária.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.